8 de jul de 2013

Ramadan 2013

O Ramadan é o nono mês do calendário lunar, é um mês considerado sagrado para os muçulmanos, pois foi o mês no qual o alcorão (livro sagrado dos muçulmanos) foi revelado. O que tem de diferente neste mês? Bem, pra começo os muçulmanos fazem jejum (se abstem de comida, água e relações sexuais) do nascer ao por do sol. O jejum de Ramadan é prescrito no Alcorão e é obrigatório para cada Muçulmano, de sexo masculino ou feminino, que reunir as seguintes condições:
  1. Ser mentalmente e fisicamente normal, o que quer dizer gozar de boa saúde e ser apto.
  2. Ter atingido a idade da puberdade e, que é normalmente quatorze anos. os menores de quatorze anos devem ser estimulados a iniciarem-se nesta boa prática a níveis mais simples, de maneira que, ao atingirem a idade da puberdade, estejam preparados física e mentalmente para fazerem jejum.
  3. Estar presente no domicilio permanente ( na cidade natal), na quinta, ou na casa de negócios, etc.), isto é numa viagem de cinqüenta milhas ou mais, o crente pode suspender o jejum, na condição de mais tarde o recuperar.
     4. Estar absolutamente seguro de que o jejum não lhe vai causar nenhuma perturbação física ou mental, a          não ser as reações normais à fome e à sede.

Antes do início jejum é feita uma refeição chamada Suhoor e é feita antes da primeira oração do dia. Geralmente as pessoas comem nesta refeição iogurtes, leite, frutas, pão..pq na verdade é um café da manhã mais reforçado. É aconselhável também ingerir bastante água. Depois do horário da oração fica proibido comer, ingerir líquidos ou manter relações sexuais. 
O jejum é quebrado ao por do sol, no horário da oração chamada Maghrib (todas as orações mudam de horário de cidade para cidade e vc pode consultar aqui www.islamicfinder.com). A quebra do jejum é feita antes de se fazer a oração e geralmente é quebrada com água ou leite e tâmaras. Após essa quebra inicial de jejum é feita a oração e posteriormente comer (essa refeição é chamada iftar). 
Um cuidado que se deve ter é não comer demais pois a tendencia é você achar que como não comeu o dia todo deve literalmente enfiar o pé na jaca no jantar..mas não é bem assim. Como você não comeu o dia todo o seu estômago pode rejeitar muita comida. Pelo o que eu percebi nos anos em que jejuei é que realmente as pessoas pensam que a gente detona geral a comida quando quebra o jejum,mas o que ocorre é bem o contrário rs.
Após o iftar e rezada a oração da noite (isha') normalmente e após ela temos a oração de Tarawih (que éuma oração especial do Ramadan).
O que muitas meninas que tem um relacionamento virtual vão perceber é que nessa época os amados tem uma tendência maior a sumir...e porque? Bom, vamos aos pontos..

nos países árabes essa época do ano é verão, com cidades chegando fácil a 50, 52 graus (imagine você trabalhando nesse calor e sem água e sem comida, o corpo naturalmente fica mais cansado),  
por ser verão o sol nasce mais cedo e se põe mais tarde, portanto o jejum é mais longo do que pra alguém que está no Brasil por exemplo. Aqui onde estou pra vocês terem idéia o ínicio de jejum é as 3h da manhã e a quebra só as 20h, no Brasil (dependendo a cidade) é basicamente das 6h as 18h, ou seja 5h a menos de jejum.
como disse, a quebra do jejum é em torno das 20h e depois disso acontece o jantar , a salat Isha em torno das 21:15h e após isso temos a oração do tarawih que na maior parte dos casos é uma oração longa, pois durante o tarawih são lidos os capítulos do Alcorão até chegar ao seu final no ultimo dia de Ramadan, portanto não é raro que ela tenha duração de aproximadamente 2h, 
meninas façam as contas comigo rs..vamos pegar a vida de um cidadão normal, que trabalha (pq as coisas não param no mês do Ramadan, quando muito as pessoas saem 1h mais cedo do trabalho) ele acorda (ou nem dorme) antes das 3h da manhã para fazer a primeira refeição antes do jejum, faz a oração, depois disso ele dorme..aí digamos q ele comece no trabalho as 8h...vai acordar entre 7h/7:30 (dormiu muitas vezes menos de 3h)...aí trabalha o dia todo, chega em casa em torno de 18h (na melhor das hipóteses), espera a quebra de jejum, a oração, o jantar, a outra oração, o tarawih..termina em torno de umas 23h (na melhor das hipoteses também)...
e principal ponto o sexo..sim porque mesmo que vocês não falem abertamente sobre isso e tal podem ocorrer assuntos ou atitudes que deixem o rapaz mais animado digamos rs e isso em jejum de Ramadan é complicado pq invalida o jejum, portanto muitos rapazes preferem não arriscar e isso acaba parecendo sacanagem da parte deles (mas não é)..
 Como eu disse antes Ramadan é um mês sagrado, um mês de reflexão, um mês aonde as pessoas tentam ficar mais próximas de Deus, então muitos eliminam em 100% da sua vida coisas que tirem o foco, como por exemplo a internet.
Portanto meninas que tem relação com muçulmanos espero que vocês levem em consideração o que escrevi e que tentem se colocar no lugar deles antes de dar aquela senhora bronca..O Ramadan é um mês sagrado e a maioria dos muçulmanos leva muito a sério..e além de tudo isso ainda tem o agravante do fuso horário q em alguns casos vai de 3 até 6, 7 horas, não esqueçam de levar isso em consideração. 
Quanto a mim, estou feliz e ansiosa pois será meu primeiro Ramadan em país de maioria islâmica (ou outros 3 eu fiz no Brasil) e aqui sei que tudo é diferente. No Brasil eu trabalhava o dia todo, depois ia pra faculdade, fazia minha quebra de jejum na rua correndo pra não perder o onibus rs..sem contar que as pessoas não entendem, você tenta explicar elas te chamam de louca, ficam  tempo todo te oferecendo comida mesmo sabendo que você está em jejum e pela primeira vez vou experimentar a sensação de todas as pessoas estarem no mesmo propósito que eu, respeitando isso, indo na mesquita pra oração de tarawih, quebrando o jejum em familia...inchallah será um Ramadan abençoado. 
Vou finalizando por aqui, vou tentar fazer mais alguns posts depois sobre o Ramadan na medida do possível.

* Foi confirmado hoje pelo sábios da Arábia Saudita que o jejum começará no dia 10/07 quarta-feira...Ramadan Murabak a todos